Mercados e comércios alimentícios não abrirão neste domingo (29) em São Roque; confira mais medidas anunciadas para a região

Em live ao vivo pelo Facebook, o prefeito da cidade de São Roque, Cláudio Góes, anunciou algumas medidas tomadas para conter o avanço do coronavírus no município. Dentre as principais decisões, a autoridade informou à população que, neste domingo (29) e no próximo (05), os mercados, açougues e demais comércios do ramo alimentício não estarão abertos.

Empresas de gás, postos de gasolina e farmácias continuam funcionando normalmente. Em Araçariguama, os comércios de alimentos fecharão aos sábados e domingos, enquanto em Ibiúna apenas aos domingos.

Além disso, Cláudio Góes comentou que notificou a empresa de transporte público atuante em São Roque, a Mirage, ontem (26), para que retornassem com os ônibus. Em negociação, a empresa anunciou que voltaria a funcionar desde a manhã desta sexta-feira (27) com apenas 30% de suas frotas.

O prefeito ressaltou que todos os vales transportes gratuitos, como os voltados para os estudantes, serão bloqueados, uma vez que não está havendo aula. Ainda de acordo com o que foi informado, os idosos têm acesso restrito aos ônibus, devendo comprovar a necessidade de locomoção.

Diretora de Saúde explica situação do coronavírus na cidade

A Diretora de Saúde de São Roque, Daniela Croke, também ao vivo nas redes sociais, explicou a situação levantada por um veículo de comunicação regional nesta semana.

“A cidade de São Roque parou de divulgar os boletins e os números do coronavírus, pois existe uma nova normativa que diz que, a partir que ocorre a transmissão comunitária do corona no Estado de São Paulo e no Brasil,  todos são considerados suspeitos, parando então de fazer as notificações de pacientes fora de internação e fazendo notificações apenas de internação. Essa medida não acontece só em São Roque”, explicou a profissional.

“Não há, neste momento, pacientes internados, nem na Santa Casa e nem nos hospitais privados, pacientes internados e nem comsuspeita de coronavírus. Todas as notificações são de pacientes que estão em suas residências e passam bem”, ressaltou Daniela

A diretora de Saúde ainda relatou que existem 42 notificações de suspeitos, sendo que, dessas, 35 são de São Roque e 7 moradores de outros municípios, além de ressaltar que, até o momento, saíram apenas 3 resultados pelo Instituto Adolf Lutz, todos negativos.

“Devido a essa demora do Instituto Adolf Lutz, por conta de tantos casos, muitos pacientes já cumpriram o período de quarentena (14 dias), ou seja, isso mostra que se eles estivessem mesmo doentes eles já teriam passado pelo período mais crítico e já estariam sendo liberados”, afirmou a profissional, completando que qualquer informação nova, o Deparrtamento de Saúde, “com a maior ética e clareza” vai dizer à população.

Com relação às vacinas contra a gripe, Daniela informou que o Estado está liberando em lotes e que os moradores podem ficar despreocupados, pois irão chegar mais. Aos acamados que precisam tomar a dose em casa, o pedido é para que esperem um pouco, uman vez que a Prefeitura está se programar para conseguir atender a todos.

Vale lembrar que todas as unidades básicas de saúde do município estão atendendo. Somente com triagem, como ressaltou Daniela, porém estão funcionando.

Por fim, o prefeito Claúdio Góes comentou que o Hospital São Francisco não está atendendo, pois ainda está em processo de iniciação de trabalhos na cidade, mas que permanece em contato com os responsáveis da unidade e que já estão de acordo com a utilização deste espaço caso haja necessidade.

“Além do Hospital São Francisco, como o espaço da hemodiálise e os 2 mil metros² de galpão no Recanto da Cascata já estão alinhados caso seja necessário utilizá-los como ‘hospital campanha’. Também estamos em contato com a montadora que faz as divisórias e as instalações iniciais, caso precise, mas espero que não precisemos”, finalizou Cláudio.