Mulher perde cirurgia marcada após Departamento de Saúde alegar não ter carro disponível

No último dia 20 de fevereiro, a moradora de Alumínio Diva Ferreira Nicasio, não pode realizar a cirurgia marcada para a data, pois o Departamento de Saúde de Alumínio não enviou a ambulância que a levaria ao hospital. O caso foi documentado pelo vereador Edmo Bofete, por meio de Requerimento protocolado, que pede explicações da Prefeitura quanto a negar este serviço à paciente.

Segundo relata no documento, o Departamento de Saúde alegou que não havia ambulância disponível. “Considerando que o município possui várias ambulâncias, sendo duas unidades recém adquiridas, além dos carros que foram adquiridos no ano de 2018, e destinados ao Departamento de Saúde, gostaria de saber se fato chegou a conhecimento do Poder Executivo”, afirma Bofete.

O vereador questiona onde estavam as ambulâncias e os outros carros que atendem o Departamento de Saúde e quais atendimentos eram realizados no momento. “Não tinha como ‘prever esta precariedade’ no dia anterior e tomar medidas emergenciais? Qual o plano de ação pra que este evento indesejável a todos não venha a se repetir?”, ainda coloca em questão para a Prefeitura.

O Democrata tentou contato com a Assessoria de Imprensa para buscar mais esclarecimentos sobre o caso, mas até o fechamento desta edição não obtivemos resposta.