Os 71 anos dos Históricos Sinos!

29 de junho de 1947 – 2018

Neste mês de junho, mais precisamente no dia 29 que é o dia dedicado a São Pedro (1º Papa) e também lembra dos 71 anos de fundação e instalação dos 3 sonoros sinos (carrilhões) na torre da majestosa Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Ponte de Sorocaba, data nunca esquecida.

Os maravilhosos carrilhões eletrônicos que foram os primeiros a funcionarem na região desde 1947 m foram fabricados pela famosa indústria de Sinos Samassa de Sorocaba.

O sino grande com ligas compostas de 50 kg de ouro puro, pesa 2,835 kg e foi fundido especialmente e exclusivamente para a catedral, ganhando em seu interior (gravação) o nome da Padroeira da Cidade, da catedral e da Arquidiocese que é Nossa Senhora da Ponte.

Os outros também foram sagrados e ganharam seus nomes. Todos os dias entre 12h e 18h, bem como missas especiais e procissões, ouvem-se os sonoros sinos em funcionamento . tudo isso se devem as competências e incentivos criados pelo saudoso e 1º Bispo Diocesano Dom José Carlos de Aguirre e Comissão da catedral, sempre em benefícios do povo católico de Sorocaba…Bonitos exemplos!

Na região de Itapetininga algumas matrizes e santuários também festejam os aniversários de sagrações dos sinos, com cerimonias alusivas a data em grandes festas.

Parabéns a linda Catedral Metropolitana de Sorocaba e seus “Sonoros Sinos Eletrônicos mais modernos da região”.

“Ainda se falando em Sinos e Carrilhões”!

Nomes, pesos e tonalidades musicais!

Lendo um dos livros escritos pelo nosso estimado benfeitor e sacerdote Cônego Godofredo Chatrain (Ordem Premonstratense) hoje enfermo com mais de 90 anos, residindo na Abadia Premonstratense de Jaú, referente ao Santuário Basílica de Bom Jesus de Pirapora diz:

“Em 29 de novembro de 1942, o Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de São Paulo, Dom José Gaspar de Afonseca e Silva, recebido pelo Cônego Eugênio Avivar que é o Pároco, bem como os Premonstratenses da Ordem de São Norberto em Pirapora, autoridades e o povo em geral para a Sagração Canônica dos 4 sinos eletrônicos (carrilhões) nas torres da Matriz de Pirapora, oferta generosa do casal Rodolpho e Marina Pasqualin da cidade de São Paulo.

Cada sino leva gravados seus nomes, pesos e tonalidades musicais. Vejam bem:

1º Sino Grande– Sanctus Rudulphus – Tonalidade Sol – 705 kg; 2º Sino Médio – Sanctas Faustinas – Tonalidade Sí – 367 kg; 3º Sino Menor – Sanctus Oswaldus – Tonalidade Ré – 206 kg; 4º Sino Pequeno – Sactas Marinaes – Tonalidade Mí – 149 kg.

Roque do Museu Sacro e Clemildo
Sítio Velho Guayanã de Mayrink
Entrada pela Estrada do Sertanejo) Bairro Guaianã, ou pela página do facebook da Prefeitura de Mairinque e ver fotos do nosso Museu Sacro ou pelo SBM-IBRAM
Tel: (15)9-9692-3672