Policiais militares que trabalharem em São Roque receberão R$ 750 a mais como pró-labore

Foto: Evander Portilho

A Prefeitura de São Roque enviou nota na tarde desta quinta-feira, 21, explicando o funcionamento do PL 01/2021, votado em sessão extraordinária na Câmara na manhã de quarta-feira (20/01). Segue a íntegra do comunicado:

“O Prefeito de São Roque, Guto Issa, retomou nesta semana o pró-labore com a Polícia Militar, cumprindo mais um item de seu plano de governo. O projeto da Prefeitura foi aprovado na Câmara Municipal durante sessão extraordinária da última quarta-feira, dia 20, e agora segue para a sansão do governante são-roquense.

“Palavra dada é palavra cumprida. A volta do pró-labore era um compromisso que estabeleci durante a minha campanha e que agora se torna realizado. É um incentivo e um reconhecimento ao importante trabalho prestado pela Polícia Militar em nossa cidade”, afirmou Guto Issa.

O benefício havia sido suspenso em gestões anteriores e agora volta a ser empregado na cidade, valorizando o trabalho da PM no município e incentivando agentes a trabalharem na cidade, o que traz grandes benefícios a segurança da população. A medida também traz melhorias na política de trânsito da cidade, pois permite que a PM atue também na fiscalização e policiamento do trânsito e tráfego nas vias públicas de São Roque.

O Que é o Pró-labore?

O Pró-labore é um incentivo financeiro dado aos policiais que atuam na cidade. Ele busca não apenas valorizar o trabalho do profissional, mas incentivar que ele fixe residência na cidade, incrementando a segurança do município. Em São Roque o benefício salarial será de R$750.

Pacote de obras aprovado

O projeto que retoma o pró-labore em São Roque faz parte de um pacote de propostas enviadas à Câmara Municipal e que buscam trazer diversas melhorias para a população. Entre as propostas estava a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 850 mil, que amplia a disponibilidade de recursos financeiros para ações voltadas ao desenvolvimento da cultura, do turismo e do esporte no município.

Outro importante projeto enviado foi o que dispõe sobre a Política Municipal de Atendimento dos direitos da Criança e Adolescente e que adequou os horários de atendimentos dos Conselheiros Tutelares, para que mantenham o atendimento prioritário e a proteção integral da criança e do adolescente.”