Prevenção é o melhor remédio

Neste ano em nossa cidade foram notificados e recolhidos 22 macacos e 13 resultaram positivos para a febre amarela. Dos restantes 7 deram negativo e 2 aguardam resultados. Os números parecem alarmantes e muitas pessoas demonstraram grande preocupação com estes resultados, mas não há motivos para pânico.

Os macacos encontrados são como sentinelas e nos avisam sobre os possíveis riscos. Para evitar que algo aconteça a algum humano, uma ação preventiva começou esta semana com disponibilização de 50 mil doses da vacina contra a doença e um cronograma de horários estendido para aplicação. Em conversa com os profissionais de saúde da cidade, não há razão para filas e nem para preocupações. Todos que não foram vacinados terão acesso a uma dose que valerá para o resto da vida. E caso encontre algum outro macaco, acione o Serviço de Controle de Zoonozes.

Outro tema que merece atenção nesta época do ano é a proliferação do Aedes Aegypti. Toda a população precisa redobrar os cuidados para eliminar os possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus. Neste ano foram 85 notificações para suspeita de dengue no município com três casos apontando resultado positivo, sendo um de morador de São Roque e outros dois de cidades vizinhas. No caso do zika vírus foi registrada uma notificação com resultado negativo e para a febre chikungunya foram registradas duas notificações, sendo uma positiva adquirida fora do município e a outra negativa.

A prevenção é essencial e as ações precisam acontecer de forma intensa. Denuncie terrenos abandonados com possíveis focos, limpe seu quintal. Faça a sua parte e proteja a todos.