Professor conta que pedreiros balançavam o muro para ele cair, sem equipamentos de segurança

O professor Márcio Silva, proprietário de um centro esportivo próximo à obra que desabou nesta manhã, contou à nossa equipe de reportagem que os trabalhadores já estavam executando o serviço sem nenhuma segurança desde o início da semana. Momentos antes do desabamento ele flagrou os trabalhadores sobre o muro e publicou nas redes sociais.

“Estou observando há dias essa situação. Eles realmente não usavam equipamentos de segurança e ontem estavam balançando o muro, sentados sobre a laje. Já havia comentado com os meus alunos que isso estava muito perigoso”, disse o empresário, que também já trabalhou no ramo da construção civil.

Na foto abaixo, publicada na rede social, ele mostra os trabalhadores minutos antes do acidente:

A polícia informou a nossa reportagem que os trabalhadores usavam cinto de segurança e capacete, porém na foto não se registra o uso de andaimes, equipamento utilizado na construção civil para obras acima de dois metros de altura.