Projeto Paixão Pelo Esporte ensina vôlei a alunos de São Roque

A celebração do aniversário de 364 anos de São Roque ocorre com anúncios diários de presentes para a cidade até o dia 16 de agosto. O quarto presente é o fortalecimento do Esporte, com o projeto Paixão Pelo Esporte, uma parceria, com a Ong Vivendo Esporte e a CCR ViaOeste, que vai mudar a vida de jovens do bairro Paisagem Colonial.

“É uma honra recebermos este projeto social tão importante e que mostra que o esporte é mais do que um exercício físico, mas uma importante ferramenta de transformação social. Agradeço a Ong Vivendo Esporte pela importante iniciativa com os nossos jovens e a CCR, que tem a ação social em seu DNA. São Roque está sempre aberta para iniciativas importantes como esta”, afirmou o Prefeito Guto Issa

O objetivo do projeto é dar oportunidade a crianças e adolescentes através de atividades esportivas de caráter educacional. As aulas de vôlei terão início com o retorno das atividades escolares e ocorrerão no contraturno escolar, em equipes mistas (masculino e feminino), para alunos entre 6 e 16 anos.

“Minha vida no esporte começou com uma ação social como está, me dando oportunidade de não só viver do esporte, mas também representar meu país ao jogar pela Seleção Brasileira. Vamos ensinar os alunos a pratica do vôlei, mas iremos muito além disso, dando carinho, atenção e auxiliando na formação de valores sociais importantes para essas crianças e jovens”, afirmou o coordenador geral do projeto, Ronaldo Henrique “Royal”.

Além dos profissionais que promoverão as aulas de vôlei, o projeto também viabiliza a compra de materiais esportivos para os núcleos, incluindo bolas oficiais e redes para as quadras, além de uniformes para as crianças participantes. “Toda essa estrutura disponibilizada através do projeto busca incentivar os jovens a participarem ativamente das atividades e, com certeza, alcançar excelentes resultados para a educação deles”, avalia Sérgio Ribeiro, que é gerente de Comunicação e Relações Institucionais da CCR ViaOeste.

Além da diminuição da situação de exclusão e risco social de crianças e adolescentes o Paixão Pelo Esporte também trará benefícios educacionais, como maior controle de frequência escolar e menor índice de repetência dos alunos. “Achei maravilhoso, pois o esporte une educação, saúde e atividade física. Fiquei muito feliz com esta iniciativa e espero que ela de muitos frutos”, diz Martha di Fiori, avó das pequenas Manuela e Lorena, que participam da ação.

Fonte: Assessoria de Imprensa