Saneaqua reforça a importância do combate ao mosquito da dengue diante da incidência de casos

Serviços de saneamento básico são essenciais para combater a proliferação do mosquito. Confira medidas simples e saiba como prevenir a doença. 

Combater a proliferação do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da chikungunya é de extrema importância durante todo ano e não somente em períodos de chuva intensa ou estações mais quentes. 

Com o objetivo de incentivar e reforçar medidas preventivas contra a proliferação do aedes, a Saneaqua, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Mairinque, alerta sobre o aumento dos casos registrados no primeiro trimestre deste ano. 

Estas doenças, nomeadas de arboviroses, são epidêmicas e transmitidas pela fêmea adulta do aedes aegypti, mosquito que costuma circular em regiões quentes e chuvosas. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de saúde do Estado de São Paulo, até o dia 02 de maio já foram registrados 107,4 mil casos de dengue no Estado. Já em 2021, no mesmo período, foram contabilizados 104 mil casos da doença. 

Dentre os principais sintomas das doenças transmitidas pelo mosquito, estão febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e nas articulações. Nas formas mais graves a doença pode causar hemorragia interna em órgãos e tecidos, e levar à morte. 

A melhor forma de combater o mosquito aedes, é evitando sua reprodução, eliminando locais perfeitos para se tornarem criadouros. que possam acumular e armazenar água da chuva, como garrafas, pneus, vasos de planta e calhas. 

“Além das medidas preventivas, é importante lembrar que o mosquito também se reproduz em água suja, tornando os serviços de saneamento básico fator de extrema importância no combate à dengue. É importante lembrar sempre de verificar possíveis criadouros dentro de casa, assim como manter a limpeza e higiene do imóvel. Se cada morador fizer sua parte, podemos combater a proliferação da doença”, afirma Diego de Oliveira e Silva, gerente da área de Qualidade, Saúde, Segurança e Meio Ambiente na BRK. 

Confira algumas dicas práticas para evitar a reprodução do mosquito: 

– Mantenha as garrafas vazias sempre viradas com a boca para baixo e evite água parada em potes e pneus; 

– Verifique se há acúmulo de água parada nas calhas e mantenha a limpeza em dia; 

– Higienize e tampe corretamente a caixa d’água. Isso evita o acúmulo de resíduos sólidos e impede que se torne um criador. Confira neste link dicas práticas de como a limpeza de maneira adequada; 

– Certifique-se de que seu imóvel direciona a água da chuva corretamente para a rede de drenagem pluvial, separada da rede de esgoto. Isso evita rompimentos e extravasamento de esgoto; 

– Feche bem os sacos de lixo e mantenha as lixeiras tampadas; 

– Limpe semanalmente ou preencha os pratos dos vasos de plantas com areia; 

– Utilize telas nas janelas para evitar a entrada dos mosquitos nos imóveis; 

– Limpe frequentemente com escova ou bucha os potes de água para animais e evite o acúmulo de lodo depositado no fundo do recipiente; 

– Cubra e realize manutenção periódica de áreas com piscinas. Mantenha a lona de cobertura bem esticada para evitar poças; 

– Dê descargas em vasos sanitários pouco utilizados; 

– Limpe ralos e canaletas externas. Em ralos pouco utilizados, depositar uma colher de água sanitária em um litro de água limpa ajuda a evitar a proliferação do mosquito. 

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados