Saneaqua retira 15 toneladas de lixo da rede de esgoto de Mairinque

O emaranhado de lixo nesta imagem te impressiona? Infelizmente, essa é uma cena que se repete na rede de esgoto de Mairinque. Em 2020, a Saneaqua retirou 15 toneladas de lixo do sistema de esgoto da cidade e limpou 19 quilômetros de tubulações.Durante esse trabalho, frequentemente, são encontrados resíduos de construção civil, descartes de banheiro e restos de cozinha, como sobras de comida, óleo e gordura.

Outro material muito encontrado é o plástico. O agravante é que com a pandemia, o Brasil registrou aumento do volume de materiais plásticos descartados irregularmente. De acordo com o relatório Atlas do Plástico, publicado pela Fundação Heinrich Böll Brasil, o uso de máscaras descartáveis e as embalagens de alimentos utilizadas em serviços de entregas estão entre os fatores que contribuíram com esse cenário.

Diante disso, a Saneaqua reforça a importância de reduzir a geração de lixo e de fazer a destinação correta dos resíduos. Pequenas mudanças de hábitos no dia a dia contribuem com o bom funcionamento dos sistemas de saneamento básico.

*publicado originalmente nas redes sociais da Saneacqua