São Roque está com 100% dos leitos de UTI para Covid-19 ocupados

A Prefeitura de São Roque informa nesta quarta-feira, 13 de janeiro, a atualização dos casos de Covid-19. Foram registrados 10 novos casos positivos relativos a 5 homens com 9,29,32,40 e 43 anos e 5 mulheres de 23, 28, 43, 46 e 47 anos.

Agora, o município totaliza 2.129 casos positivo de coronavírus desde o início da pandemia, sendo que, deste total, 1.954 já se recuperaram e 42 pessoas vieram a óbito. O restante dos pacientes segue em tratamento em casa ou em âmbito hospitalar.

O município também conta com um óbito suspeito, referente a um homem de 69 anos, que estava em observação na Santa Casa de São Roque.

Atualmente são 24 pacientes internados (9 em enfermaria e 15 em leitos de UTI), sendo 17 pacientes positivos para covid-19 e 7 com suspeita. Dentre os pacientes internados 12 são de São Roque e 12 de outros municípios (3 de Araçariguama, 2 de Mairinque, 2 de Ibiúna, 1 de Alumínio, 3 de Itapetininga e 1 de Araçoiaba), distribuídos entre os hospitais Santa Casa, Unimed e São Francisco.

Prefeitura testa mais de 500 servidores para covid-19

A Prefeitura de São Roque já testou mais de 500 de seus servidores públicos para a Covid-19. A ação é uma determinação do prefeito Guto Issa para evitar surtos da doença no funcionalismo e faz parte da estratégia de combate à pandemia do coronavírus.

“Testar nossos servidores é uma ação prioritária no combate à Covid-19, pois assim podemos trazer mais segurança aos nossos colaboradores e também à população que é atendida por eles”, afirmou Guto Issa.

A primeira fase da testagem começou no dia 7 e segue até o dia 14 de janeiro, sendo destinada a profissionais de saúde (público e privado) e segurança pública. Até esta quarta-feira, dia 13, 515 servidores foram testados, com o registro de apenas 11 casos positivos.

Os servidores foram afastados de suas funções e cumprem o período de quarentena indicado para os casos de covid-19, sendo que quem teve contato com eles não apresentou sintomas nem testou positivo.

“O teste em pacientes assintomáticos é importante, pois ele permite bloquear a proliferação do vírus, além de nos permitir mapear de forma mais precisa o número de casos e o índice de contaminação por coronavírus nas regiões de São Roque”, afirmou o Diretor de Saúde, João Gabriel Vieira.

O teste utilizado é o Teste sorológico considera o IgM/IgG, que são as imunoglobulinas dos anticorpos. A IgM positiva significa que a pessoa já teve o vírus e a IgG positiva significa que ela está contaminada.

Os Testes Laboratoriais Remotos (TLRs), também conhecidos como testes rápidos, são exames realizados por um equipamento que fica fora do laboratório clínico e que identificam a presença dos anticorpos que são produzidos pelo organismo para combater a infecção. O resultado sai em poucos minutos, sendo mais ágeis do que os exames tradicionais.

Acontece que a maioria dos testes rápidos comercializados têm resultados avaliados e emitidos apenas pelo dispositivo de exame (Tira Reagente) mas não envolvem nenhuma atuação humana no processo de resultado e avaliação de laudos, o que pode aumentar a chance de erro.Já o TLR realizado na ação da Prefeitura de São Roque encaminha o resultado através da Internet para um laboratório central que funciona 24h por dia e 7 dias na semana e conta com profissionais de saúde que recebem o resultado do exame, revisam e assinam o laudo.

Tudo para garantir segurança no cuidado com o paciente e dados confiáveis para a tomada de decisão. A segunda fase de testagem dos servidores acontece entre os dias 19 e 29 de janeiro e irá ampliar a testagem para os demais profissionais públicos. Testagem da populaçãoOs testes dos agentes de saúde e funcionários públicos é apenas o primeiro passo da ação de testagem em massa realizado pela Prefeitura Municipal, que futuramente irá expandir os exames rápidos para outros grupos com o objetivo de abranger toda a população.

Os próximos passos da ação de testagem estão sendo estudados e avaliados pela Diretoria de Saúde municipal e serão divulgados pela prefeitura futuramente, sendo realizados sempre levando em consideração o bem-estar da população são-roquense.