São Roque registra desaceleração nas mortes pela Covid-19

Foram 9 óbitos entre março e junho, 10 somente no mês de julho e, após a desaceleração do número de casos, dois falecimentos em agosto

O ritmo do aumento do número de casos e mortes por coronavírus tem desacelerado em São Roque. Na última semana, o município que uma taxa de letalidade está 3,23 chegou à marca de 600 casos confirmados, com 90% deles já curados.

Já o número de casos positivados, aumentou por causa da mudança de metodologia na contabilização dos casos: se antes eram contados apenas as notificações a partir de testes laboratoriais, atualmente se dão pelos testes rápidos e sorológicos.

A página São Roque Dados tem apresentado os dados sobre a evolução da Covid, de forma que apresenta um panorama na região, através de dados oficiais.

Diminuição das mortes

De acordo com os dados apontados pela prefeitura, desde o início da pandemia até o final de junho, foram registrados nove falecimentos por causa da doença. Em julho, o Jornal O Democrata, através dos dados que a página disponibiliza no Faceboook, apontou para o possível pico da pandemia na cidade.

Em junho, houve um aumento de 240% nos casos, conforme publicado na edição de 03/07/2020. Como resultado no aumento de casos, julho foi o mês que mais registrou óbitos desde o início da pandemia. Nos meses de março, abril, maio e junho foram nove casos de falecimento. Somente em julho a cidade registrou 10 mortes.

O pior já passou?

Em agosto, somente duas mortes foram registradas. A desaceleração da doença se deu a partir de julho, que teve 175 casos. Entre maio e junho, houve um aumento três vezes maior do que entre abril e maio.

Matéria originalmente publicada na edição impressa do Jornal O Democrata de 28/08