São Roque terá mais oito leitos de UTI para atender pacientes com Covid

Na noite desta quinta-feira, 28, o prefeito de São Roque, Guto Issa, anunciou a ampliação da rede de atendimento de saúde da cidade, em especial para o tratamento emergencial para pacientes com coronavírus.

Numa parceria firmada com o Hospital São Francisco, a prefeitura vai contar com a estrutura do prédio recém-inaugurado como se fosse um hospital de campanha com 10 leitos de enfermaria e 8 de UTI, ampliando em 80% a capacidade de atendimento da rede pública municipal para tratamento intensivo.

“Se cada município contratasse dois leitos, três leitos ou quatro leitos da rede privada, nossa região passaria tranquilamente, não para a fase laranja, mas para a fase amarela do Plano São Paulo” – disse Guto.

Segundo Guto, a partir de segunda-feira, a cidade já poderá contar com os novos leitos contratados. Os pacientes devem se dirigir para a Santa Casa e, depois se necessário, transferidos para as UTIs contratadas.

O convênio foi assinado para durar três meses, mas pode ser prorrogado. O contrato inclui os todos os equipamentos, insumos e equipe médica para o efetivo tratamento dos pacientes.

O custeio dos novos leitos também trará poucos custos aos cofres públicos, já que cada leito será custeado em sua maior parte pela verba já direcionada para o combate ao coronavírus.

Durante a transmissão o Diretor de Saúde, João Gabriel, falou sobre testagem em massa e vacinação na cidade, quando foram realizados 2.200 testes em parceria com o Instituto Butantan que não tiveram custo nenhum aos cofres municipais.

“O Hospital São Francisco oferece equipamentos de ponta que serão destinados exclusivamente para o tratamento de pacientes de São Roque e que irão oferecer a melhor estrutura possível aos nossos munícipes”, afirmou o Diretor de Saúde de São Roque, Gabriel Vieira.