Depilação com linha egípcia: benefícios e como fazer

Técnica conhecida nos países do Oriente Médio, a depilação com linha é um procedimento indicado para eliminar todos os pelos – principalmente os da região do rosto. Também conhecida por depilação com fio ou depilação egípcia, o procedimento é realizado com uma linha fina de costura 100% algodão.

A esteticista Larissa Mattos, do Espaço Larissa Mattos explica que o processo é 100% higiênico e natural, não provoca flacidez na região do corpo depilada e não mancha a pele nem a deixa manchada inchada ou vermelha, por muito tempo: “A técnica pode ser usada quando os pelos ainda estão muito curtos ou são muito fininhos, pois retarda o tempo de crescimento do pelo, tornando-o cada vez mais fraco, além disso não provoca alergia, porque não é usado qualquer tipo de produto químico, e evita borbulhas, cortes ou queimaduras na pele”.

Ainda segundo Larissa, dependendo da sensibilidade, algumas pessoas podem sentir dores intensas e por isso o procedimento deve realizado por um profissional que com certeza vai Utilizar produtos de limpeza adequados; indicar a não utilização de cosméticos antes e após a depilação e o cuidado com a exposição solar, além de um bom gel pós-depilatório.

“A diferença entre a depilação à linha e com cera está na técnica. A depilação egípcia é realizada com alguns centímetros de linha e, no momento da depilação, proporciona uma espécie de esfoliação na área depilada. O atrito da linha com a pele remove os pelos e também auxilia na remoção das células mortas. Por outro lado,
A depilação com linha tem o diferencial de enfraquecer os pelos e reduzir o crescimento. Por outro lado, a temperatura morna da cera dilata os poros e facilita a extração com mais suavidade”, finaliza a Larissa.