Sede regional do Instituto Adolfo Lutz começa a fazer testes de Covid-19 em Sorocaba

A sede regional do Instituto Adolfo Lutz em Sorocaba (SP) começa, neste sábado (18), a fazer testes para detectar o novo coronavírus. O laboratório faz parte de uma rede que deve acelerar os resultados de exames da COVID-19 em todo o estado.

A sede de Sorocaba tem capacidade para realizar até 100 testes por dia. As amostras serão recebidas até as 12h, vindas dos 48 municípios da região.

Parte dessas amostras recebidas pelo instituto central, em São Paulo, e pelas sedes regionais será processada nos serviços de saúde e as demais encaminhadas ao Instituto Butantan ou para os laboratórios credenciados.

Em plena capacidade, o Instituto Butantan consegue realizar 2,5 mil exames por dia. Outros 1,8 mil serão feitos no Adolfo Lutz central e 2,9 mil nos laboratórios regionais.

Todos os resultados serão liberados no Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial. O objetivo da ação é que o estado consiga recuperar a demanda reprimida por exames e entregar um resultado com mais rapidez, em até 48 horas.

Para o processamento dos exames, o estado de São Paulo já possui 99 mil kits. Outros 725 mil foram importados pelo Butantan em uma compra que totaliza 1,2 milhão de kits para exames de Reação da Transcriptase Reversa (RT-PCR).

(Via TV TEM/ Imagem: Jornal Cruzeiro do Sul)