Servidores públicos e sindicatos fazem ato contra a Reforma Administrativa

Manifestantes na Praça da Matriz

Nesta quarta-feira, 18 de agosto, servidores públicos e diferentes sindicatos se reuniram para protestar contra a PEC 32, Reforma Administrativa, em São Roque/SP. O ato da Greve Geral dos Servidores Públicos das três esferas (federal, estadual e municipal) aconteceu na Praça da Matriz, região central, e reuniu cerca de 50 pessoas.

Segundo a nota enviada pelos manifestantes, as seguintes entidades participaram do protesto: Associação dos Profissionais da Educação de São Roque e Região (APE-SR), Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP), Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica e Profissional (SINASEFE-SP), Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Roque, Ibiúna e Região, Sindicato dos Químicos de Osasco e Região, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mairinque e Frente Popular São Roque.

Materiais explicando as implicações da Reforma Administrativa foram distribuídos à comunidade e as falas dos participantes destacaram, principalmente:

  • A Reforma Administrativa não afeta somente os servidores públicos, mas toda sociedade brasileira, com destaque para a população vulnerável.
  • Institucionaliza o cabide de emprego com cargos comissionados.
  • Reduz a possibilidade de denúncias de corrupção realizadas pelos servidores públicos.
  • Privatiza serviços que hoje são feitos de forma gratuita.
  • Defesa incondicional do SUS.
  • Fora Bolsonaro

Os organizadores indicaram que na próxima semana anunciarão novos atos na região contra a PEC 32.