Terreno a leilão da Santa Casa não teve comprador

Na semana passada, parte do imóvel da Santa Casa foi a leilão judicial para pagar dívidas da Irmandade. O terreno desmembrado da sede principal do hospital tem frente para rua Santana, no Bairro da Estação, considerada um área nobre da cidade. Apesar disso, ele não foi arrematado e segue para nova chama a leilão no dia 21 de outubro.

O fato chamou atenção da cidade, pois coloca em risco todo patrimônio imobiliário da entidade sem fins lucrativos, incluindo o prédio onde está localizado o hospital. A dívida consolidada é de mais de R$ 20 milhões e as contas bancárias e até alguns veículos da Santa Casa já foram penhorados e ficaram à disposição dos credores judiciais.

Em entrevista, o prefeito Guto Issa disse que fez uma proposta informal pela aquisição do prédio principal, por parte da prefeitura, que seria em torno de R$ 6 milhões, mas as tratativas sobre o assunto não avançaram desde então. Seria necessária a anuência do Conselho Deliberativo da Santa Casa, além de outros interessados de ambas as partes.