Vereador cria aplicativo para conectar população ao gabinete

Recentemente o Vereador Paulo Juventude lançou o aplicativo “Tem Meu Voto” para que a população fique mais próxima do seu mandato

Segundo o Vereador Paulo Juventude, essa ferramenta tecnológica permite conectar os Parlamentares aos seus eleitores, de maneira rápida e eficiente. “Através desse aplicativo as pessoas podem encaminhar solicitações, reivindicações, ideias e até se posicionarem nas votações dos Projetos que estão em pauta na Câmara Municipal. Acredito que esse é mais um meio eficaz da população interagir comigo, já que sempre ressaltei a importância da participação popular e do mandato compartilhado”, explica.

O aplicativo “Tem Meu Voto” é gratuito e o interessado pode fazer download na Play Store (para celulares com sistema operacional Android) ou na APP Store (para celulares com sistema operacional iOS).

Emendas impositivas

Na semana passada, juntamente com o vereador Diego Costa, Paulinho Juventude foi autor de duas Emendas Impositivas ao Projeto de Lei nº 068/2021, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2022. As Emendas, se aprovadas pela Câmara junto ao referido Projeto de Lei, garantem que o Fundo Municipal de Cultura receba R$100 mil no ano que vem.

Diego Costa e Paulinho Juventude explicam que cada um protocolou sua Emenda Impositiva, no valor de R$50 mil, totalizando o montante de R$100 mil. “Com o propósito de beneficiar os artistas e também a pasta, resolvemos propor as referidas Emendas, pois sabemos das dificuldades que o setor enfrenta, especialmente por causa do Coronavírus”, dizem.

Legalmente, cada vereador tem um determinado valor que deve destinar obrigatoriamente para a área de Saúde, já o restante para outros setores que escolher. “Conforme Lei Municipal nº 5.249/2021, a aplicação de metade do valor das Emendas Impositivas de cada edil será destinada para a compra de vacinas para o Covid-19, portanto, a outra metade do valor definimos endereçar para o Departamento de Cultura”, esclarecem Diego e Paulinho. O Projeto de Lei que trata das Diretrizes Orçamentárias (LDO) e todas as Emendas protocoladas pelos Vereadores estão previstos para serem votados em primeiro turno na Sessão Ordinária de 12 de julho.