MP entra com ação contra ex-prefeito de Mairinque

Segundo reportagem feita pela TV TEM, o Ministério Público entrou com ação contra o ex-prefeito de Mairinque, Binho Merguizo, por superfaturamento na compra de remédios.

Ainda de acordo com a matéria, a ação também envolve a prefeitura e uma farmácia da cidade. Para o promotor Thiago Garcia, a compra de comprimidos antidepressivos e para artrite, em 2016, causou um prejuízo de R$ 55 mil aos cofres públicos. Na ação, o MP destaca que a prefeitura não tem registro de entrada de parte dos medicamentos, que foram entregues diretamente no pronto atendimento no bairro Vila Sorocabana, e não no almoxarifado.

Conforme a TV TEM apurou, o ex-prefeito Binho Merguizo e a farmácia César e Barbosa Drogaria Limitada são suspeitos de improbidade administrativa com lesão ao erário e enriquecimento ilícito. O Ministério Público ainda pede a devolução do valor pago a mais pelos medicamentos e multa.

A defesa do ex-prefeito disse que ainda não foi oficialmente informada e que não teve acesso ao processo. A prefeitura também disse que não foi notificada. A farmácia foi procurada pela TV TEM, mas não deu retorno.

Fonte: G1/TV TEM Sorocaba