Como auxiliar seu organismo com o clima frio | O Democrata

Com a queda de temperaturas, costumamos permanecer por mais tempo em ambientes fechados, motivo que aumenta a disseminação de vírus, levando a pegarmos gripes, coronavírus, pneumonias, entre outros. Ainda que não seja possível evitar a contaminação, manter o sistema imunológico em alta é uma forma de evitar algumas doenças. Além do ar seco, o frio e a variação de temperatura contribuem para que as pessoas baixem sua imunidade.

Portanto, é importante redobrar os cuidados com a alimentação. Tendo em vista que, alguns alimentos contribuem para reforçar a proteção do organismo, ao reunir diferentes componentes que são importantes para aumentar a imunidade. Assim como em todas as estações durante o ano, as refeições devem conter legumes, verduras, frutas e alimentos ricos em vitaminas e minerais. Da mesma forma, a ingestão de líquidos é essencial para manter a hidratação do corpo e das vias aéreas que sofrem o ressecamento durante este período. A primeira dica para aumentar a imunidade é melhorar o consumo de água. Nos dias frios, é natural que o consumo de líquidos diminua. Assim, você deve ficar atento para a quantidade de água ingerida nesses dias. 

O alho é uma planta comestível utilizada há séculos no combate a gripes, resfriados, dores e inflamações. Esse alimento ajuda a eliminar as substâncias tóxicas do corpo, além de reduzir os riscos de algumas doenças. Assim como o alho, o gengibre é usado há muito tempo para melhorar sintomas de gripes e resfriados. O alimento contém gingerol, substância que regula o sistema imunológico do organismo, aumentando a imunidade. Com propriedades anti-inflamatórias, o gengibre contribui para limpar o muco das vias aéreas, diminuindo assim, a proliferação de vírus e bactérias. 

Essenciais na maturação das células do sistema imunológico, os vegetais escuros ajudam na resistência às infecções. O ácido fólico, substância contida nesses alimentos, participa da formação das células responsáveis pela defesa do organismo. Fontes de nutrientes e proteínas vegetais, o pistache, a amêndoa, castanha e amendoim são excelentes fontes de fibra.

Há alguém que resista a uma boa sopa no inverno? A melhor pedida é a tradicional e infalível sopa de legumes. O prato reúne o que há de mais rico em vitaminas e nutrientes que ajudam a fortalecer o organismo na luta contra as doenças típicas da estação. E aí, nesse caldeirão, cabe batata, cenoura, abóbora, mandioca, milho, cebola, e o que mais você gostar e seu paladar recomendarem.  O fato é que além da temperatura do ingrediente ou da refeição, há alimentos que podem aumentar a temperatura corporal.

Os alimentos chamados termogênicos, que precisam consumir mais calorias para serem digeridos. O processo para aquecer o corpo por meio de alimentos é conhecido como termogênese. Acontece com qualquer tipo de alimento, já que o corpo começa a produzir calor devido ao processo da digestão. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, mostrou que a canela faz o corpo produzir menos insulina após as refeições e que prolonga a sensação de saciedade. Pode ser polvilhado sobre bebidas, desde as do café da manhã ou sobre cereais ou frutas. O corpo precisa trabalhar mais para digerir itens crus, na comparação com os mesmos alimentos cozidos. Segundo pesquisas, os mais eficientes são repolho, couve, batata doce, cenouras e batatas.

Para aumentar a imunidade é fundamental ter uma alimentação saudável e equilibrada, que possa ajudar o sistema imunológico no combate às infecções. Uma das melhores maneiras de se adaptar às baixas temperaturas é usar roupas em camadas, desse modo elas podem ser removidas ou acrescentadas conforme a necessidade.

Sempre que possível consuma alimentos agroecológicos ou orgânicos, pois são alimentos de origem vegetal ou animal provenientes de sistemas que promovem o uso sustentável dos recursos naturais, produzindo alimentos livres de contaminantes, que protegem a biodiversidade e contribuem para a criação de trabalho e ao mesmo tempo, respeitam e aperfeiçoam os saberes e formas de produção tradicionais.

Para aumentar a imunidade é fundamental ter uma alimentação saudável e equilibrada, que possa ajudar o sistema imunológico no combate às infecções. Muitas pessoas treinam a mente para perceber o frio como uma sensação objetiva e aceitável, não algo terrível que não pode ser controlado. Uma das melhores maneiras de se adaptar às baixas temperaturas é usar roupas em camadas, de modo que elas possam ser removidas ou acrescentadas gradualmente.

Para aumentar a imunidade é fundamental ter uma alimentação saudável e equilibrada, que possa ajudar o sistema imunológico no combate às infecções. Muitas pessoas treinam a mente para perceber o frio como uma sensação objetiva e aceitável, não algo terrível que não pode ser controlado. Uma das melhores maneiras de se adaptar às baixas temperaturas é usar roupas em camadas, de modo que elas possam ser removidas ou acrescentadas gradualmente.

Silvia Hermida – Bióloga e Produtora Rural

Fonte: http://lasneaux.blogspot.com/2007/02/homeostase-e-controle-trmico.html

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados