Chitãozinho e Xororó adiam celebração de 50 anos para 2021, projetam show ‘grandioso’ em NY

Chitãozinho e Xororó comemoram 50 anos de carreira neste ano de 2020, mas a festa de celebração teve que ser adiada para 2021, quando a dupla projeta show em Nova Iorque, nos EUA, com um “conceito inédito” no sertanejo. O show em Nova York vai integrar a turnê que será realizada no Brasil e também cidades nos Estados Unidos, Europa e Japão.

A pandemia do novo coronavírus foi determinante para a mudança da agenda. No entanto, não prejudicou tanto assim os planos dos cantores, que mantêm um cronograma de eventos especiais e uma minissérie sobre a vida deles.

Ao G1, Chitãozinho falou sobre o adiamento da programação, contou sobre o planejamento de aniversário e sobre esperança de realizar os shows do projeto “Amigos” em São Paulo, adiado para dezembro.

“Nós vamos gravar nesse show um especial de televisão. Ele terá convidados do exterior, gente que temos vontade de gravar juntos, outros que já gravamos. Acho que vai ser a grande comemoração por causa dos convidados. Será um conceito muito diferente, que não é feito no mercado. Hoje em dia, a tecnologia permite a gente tirar um som muito maior do que o que a gente tira com oito ou dez músicos no palco. A gente pretende fazer um show grandioso, um grande áudio, será uma apresentação de fino trato”, disse Chitãozinho.

“A minissérie vai ser mais pra frente. As comemorações vão fazer parte do seriado. Neste momento nós estamos trabalhando no roteiro, fazendo algumas entrevistas. Acho que vai ficar legal”, contou o cantor.