Romã uma fruta saborosa e funcional | O Democrata

A romã tem sementes rosadas doces e saborosas, podem ser consumidas ao natural ou em sucos, iogurtes, saladas, mousses. Sua casca, folhas e caule são normalmente usadas para se fazer chás. Na indústria de suplemento alimentar, é utilizado o extrato da casca e o óleo concentrado das sementes de romã, e são usadas para prevenir o envelhecimento precoce e auxiliar na manutenção do equilíbrio do sistema imunológico.

Em geral no final do ano, essa fruta muito conhecida e com diversas propriedades benéficas à saúde, ainda é pouco consumida no Brasil, ela é rica em vitamina C, proteínas, vitamina K, ácido fólico, potássio, fibras e outros.

A muitos anos os benefícios da romã são conhecidos, no Egito encontravam-se romãs em tumbas de faraós e acreditava-se que os descendentes a colocavam para garantir ao morto a esperança de uma nova vida, tamanha era a crença na relação da romã com a saúde das pessoas. Na América do Norte, o suco de romã é muito popular e é comprado em supermercados, vários estudos recentes na UCLA – Universidade da Califórnia mostram que o suco de romã tem mais antioxidantes que as uvas, mirtilo, suco de laranja e outros.

No Brasil, ela chegou através dos portugueses e foi adotada popularmente no tratamento de diarreia e inflamações na garganta. Atualmente outros benefícios da romã passou a ser difundida através de novos estudos, confirmando as qualidades já confirmadas por cientistas internacionais.

Informações Nutricionais da Romã

Em 1 unidade:

  • Energia: 105 calorias
  • Carboidratos: 26,4
  • Proteínas: 1,5g
  • Gordura: 0,5 g
  • Fibras: 0,9 g
  • Potássio: 399 mg

Em 100 g:

  • Energia: 68 calorias
  • Carboidratos: 17,2
  • Proteínas: 1 g
  • Gordura: 0,3 g
  • Fibras: 0,6 g
  • Potássio: 259 mg

As sementes e a casca da romã têm compostos antioxidantes e anti inflamatórios, que ajudam a equilibrar as funções dos neurônios, melhorando a memória e prevenindo o surgimento do Alzheimer. Esta propriedade é encontrada especialmente na casca da romã, parte da fruta que contém 10 vezes mais antioxidantes quando comparada à polpa. Já o suco da romã é rico em compostos com ações anti-inflamatórias e antioxidantes, que aumentam os níveis de colesterol bom, o HDL, no sangue, prevenindo algumas doenças do coração, como infarto, arritmia e aterosclerose. Além disso, o suco da fruta também ajuda a diminuir os níveis de triglicerídeos no sangue, um tipo de gordura que, em excesso, aumenta o risco de doenças cardíacas. Por ser rica em vitamina C e antioxidantes que também atuam inibindo o crescimento de bactérias ruins e aumentando o número de bactérias boas no intestino. Esta função ajuda a equilibrar a flora intestinal, melhorando a absorção de vitaminas e minerais pelo órgão, além de fortalecer o sistema imunológico, prevenindo problemas de saúde como gripes, diarreia e herpes, por exemplo.

A importância da romã é milenar, aparece nos textos bíblicos, está associada às paixões e à fecundidade. Os gregos a consideravam como símbolo do amor e da fecundidade. A árvore da romã foi consagrada à deusa Afrodite, pois se acreditava em seus poderes afrodisíacos. Para os judeus, a romã é um símbolo religioso com profundo significado no ritual do ano novo quando sempre acreditam que o ano que chega sempre será melhor do que aquele que vai embora.

Silvia Hermida – Bióloga e Produtora Rural

Fonte: Ataíde, E. M. ET.AL. “Qualidade pós-colheita de romã comercializada no Semiárido pernambucano”. Embrapa, 2018.

Toda quinta-feira os cidadãos de São Roque têm a oportunidade de interagir e adquirir produtos produzidos localmente com manejo agroecológico na Feira Agroecológica de São Roque, que ocorre na Av. 3 de Maio, 900 das 8h até as 12h. @feiraagroecosaoroque

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados