Pré-projeto para tratar de questões sobre a perturbação de sossego no município é elaborado

Na manhã da última quarta-feira, dia 20, o vereador Etelvino se reuniu com o presidente do Conseg – Conselho Comunitário de Segurança, Ronaldo Alves, para finalizarem uma minuta de Projeto que será protocolado na Prefeitura de São Roque, cujo objetivo é sugerir obrigações para a Guarda Municipal e para os fiscais quanto a averiguação em virtude de som alto nas chácaras, principalmente nos bairros, ocasionando assim na perturbação de sossego.

Etelvino explica que os vereadores estão debatendo sempre assuntos relacionados. “Hoje a fiscalização às vezes alega a falta de legislação específica para que os mesmos possam coibir esse tipo de situação, portanto, neste sentido é que estamos apresentando a proposta que deverá ser amplamente discutida no âmbito da Administração Municipal, o qual deverá ser discutida e votada pelo Legislativo, buscando uma solução para esses problemas que vem crescendo. Creio que somente com uma fiscalização eficaz e legislação adequada é que vamos reduzir esses problemas”, diz.

O Presidente do Conseg, Ronaldo Alves, esclarece que nas reuniões um dos assuntos mais discutidos pela comunidade é quanto a ausência de fiscalização em São Roque, especificamente nos finais de semana e feriados, quando ocorrem eventos em chácaras. “O morador vem até nós para relatar os problemas ocasionados com relação ao barulho e a nossa proposta é para que a Administração Municipal elabore Leis neste contexto, visando assim coibir esse tipo de situação”, esclarece.