AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

23/10/2020


MERCOSUL

A ministra da Agricultura de Portugal, Maria do Céu Antunes, disse que seu país apoia o Acordo Mercosul-União Europeia desde o primeiro momento, ao participar do Seminário Portugal-Brasil: Oportunidades de Negócio no Setor Agroalimentar, em Lisboa, ao lado da ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento). “Continuamos empenhados para que rapidamente este acordo possa ser posto em prática”, afirmou. 
SINES

A ministra brasileira da Agricultura, Tereza Cristina, esteve na cidade de Sines para conhecer as potencialidades do porto para alavancar a estratégia de colocação de produtos agrícolas e pecuários do Brasil no mercado internacional. A visita permitiu apresentar à ministra os planos de desenvolvimento da ZALSINES – Zona de Atividades Logísticas do Porto de Sines, localizada na ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, bem como os planos de expansão do Porto de Sines, nomeadamente da capacidade do Terminal de Contentores e da reconversão do Terminal Multiusos para a movimentação de granéis sólidos agrícolas. No encontro foi discutida a criação de um “hub” logístico para o agronegócio em Sines, que serviria de porta de entrada às frutas, carnes, cereais e grãos brasileiros na União Europeia e no Norte de África, bem como para impulsionar as exportações de produtos agroalimentares portugueses e espanhóis para o Mercosul.
UVA

A Embrapa Semiárido (Petrolina, PE) irá apresentar a cultivar de uva de mesa BRS Tainá, a primeira totalmente desenvolvida na Região Nordeste. Voltada para a produção no polo de fruticultura irrigada do Vale do São Francisco, a uva exibe coloração branca, sabor neutro e agradável, além de ser uma variedade sem semente, uma das mais importantes características exigidas pelo mercado. 
COMBUSTÍVEL SOCIAL

Para dar maior celeridade, transparência, eficiência e segurança aos cidadãos, e considerando as medidas de distanciamento social no controle da pandemia causada pelo Covid-19, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), disponibilizou novas plataformas digitais aos usuários dos processos relativos ao Selo Combustível Social (SCS). 
ADIDOS AGRÍCOLAS

O governo federal ampliou de 25 para 28 o número de adidos agrícolas brasileiros junto às representações diplomáticas no exterior. O Decreto Nº 10.519, com as mudanças, foi publicado no Diário Oficial da União. Atualmente, o Brasil conta com 24 adidos agrícolas ativos lotados em 22 países (Pequim e Bruxelas contam com dois adidos). Uma vaga em Genebra (Suíça) encontra-se em aberto e deverá ser preenchida ainda este ano.
VALOR BRUTO

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) do Brasil deverá registrar um recorde de R$ 806.6 bilhões em 2020, aumento de 11,50% em relação a 2019, informou o Ministério da Agricultura, que até o mês passado estimava R$ 771.4 bilhões. O faturamento das lavouras tende a registrar um aumento de 15% na comparação anual, para R$ 543 bilhões, enquanto o VBP da pecuária foi estimado em R$ 263.6 bilhões, segundo comunicado divulgado pela Pasta.
EXPORTAÇÕES

As exportações do agronegócio seguem em ritmo forte. Em setembro o setor exportou US$ 8.56 bilhões, 4,80% mais que no mesmo mês do ano passado. A participação do agronegócio nas exportações totais do Brasil era de 40,20%, em setembro de 2019 subiu para 46,30% em setembro deste ano. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura.
REFORMA TRIBUTÁRIA

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu uma live com o tema “Reforma Tributária: acúmulo de crédito na cadeia produtiva”. O encontro foi moderado pelo coordenador do Núcleo Econômico da CNA, Renato Conchon. O objetivo foi debater dúvidas em relação aos créditos tributários e como o crédito deverá ser tratado para que os contribuintes não sofram cumulatividade.
CESTAS DE ALIMENTOS

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizou, mais uma série de leilões para aquisição de gêneros alimentícios e composição de cestas. O objetivo das operações é formar estoques para atender comunidades em situação de insegurança alimentar e nutricional, em um momento em que a vulnerabilidade destes grupos populacionais é agravada em razão da pandemia de COVID-19. Esta ação permitirá a composição de cerca de 13.700 cestas para atendimento mensal de 3.881 famílias.
* O jornalista Mauricio Picazo Galhardo tem 63 anos, é paulistano, mora em Sorocaba, trabalhou como repórter da TV Educativa (ES). Esteve por dois anos morando no exterior; na República Oriental do Uruguai, República do Paraguai e República Argentina. Em 2013 se interessou pelo setor do agronegócio, e agora tem esta coluna semanal de noticias do agronegócio em geral. Também é o autor do quadrinho semanal Agro-Cartoon, publicado no site: www.agro-cartoons.blogspot.com.br. 

Email: mauricio.picazo.galhardo@gmail.com