Cresce o número de acolhidos pela Operação Calor Humano em São Roque

Igreja do Evangelho Quadrangular, em São João Novo, passa a integrar a rede de abrigos da ação nesta quinta-feira

A Operação Calor Humano, ação da Prefeitura de São Roque para fornecer abrigo a pessoas em situação de rua, acolheu 28 pessoas na noite de quarta-feira, 28 de julho. Foram nove pessoas a mais do que na última terça-feira, primeiro dia da ação. A iniciativa ampliou os trabalhos de amparo para pessoas em vulnerabilidade social e os resultados têm sido muito positivos.

“Quando o frio chega, o calor humano aumenta. Nosso governo é pautado pelo atendimento humanizado a todos que precisam e não vamos virar as costas para aqueles que precisam de abrigo nesta época de frio. Quanto mais pessoas forem acolhidas e abrigadas, melhor”, afirmou o Prefeito Guto Issa.

As ações de acolhimento continuarão na cidade e contam com uma equipe integrada formada pelo Bem-Estar Social, Saúde, Defesa Civil, Guarda Civil Municipal, Obras, Jurídico, Fundo Social de Solidariedade e Gabinete da Prefeitura.

Diariamente, às 18h, são realizadas abordagens em diversos pontos da cidade para oferecer acolhimento a pessoas em vulnerabilidade social, que contarão com abrigo e alimentação fornecidas tanto no abrigo institucional, quanto no Recanto da Cascata e na Igreja Metodista (Praça da República, nº 34, Centro).

Os abrigados poderão levar também seus animais de estimação e pertences para o abrigo, que agora conta com um canil, para o Recanto da Cascata e para a Igreja Metodista.

“A Partir desta quinta-feira a Igreja do Evangelho Quadrangular de São João Novo integra a Operação Calor Humano oferecendo acolhimento e alimentação as pessoas em situação de rua. Esta parceria com as igrejas, através do Fundo Social de Solidariedade, tem sido muito primordial nesta ação tão importante de amparo a aqueles que mais precisam”, afirmou a Diretora do Departamento de Bem-Estar Social, Simone Judica.