Moradores de Alumínio cobram melhorias no transporte intermunicipal

Foi protocolado na última semana na Câmara de Vereadores um Requerimento de autoria do vereador Alexandre Amaral, que cobra melhorias na prestação de serviços do transporte intermunicipal fiscalizados pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP), controlada pelo Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Estado de Transportes Metropolitanos (STM).

Segundo ele, os munícipes viajam cotidianamente as cidades de Sorocaba, Mairinque e São Roque e, maioria dos casos, com a finalidade de trabalhar, estudar, além das opções de lazer que esses municípios vizinhos oferecem. Mas são diversas as reclamações que demonstram insatisfação com a superlotação de passageiros e de usuários que, por muitas vezes, ficam sem poder entrar no veículo devido à falta de espaço.

“Além de privar o direito ao transporte dos munícipes aluminenses, usuários dos serviços prestados pelas empresas, ainda esses passageiros são submetidos a riscos de segurança e total desconforto”, justifica.

O documento ressalta que a ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo foi criada e instituída como autarquia de regime especial, dotada de autonomia orçamentária, financeira, técnica, funcional, administrativa e poder de polícia, com finalidade de regulamentar e fiscalizar todas as modalidades de serviço público de transportes autorizados, permitidos ou concedidos a entidades de direito privado.

“Considerando que sua missão é a de promover e garantir a prestação de serviços de transporte de excelência, seguro e sustentável, compatível com as necessidades coletivas, é que requeiro que seja oficiado à ARTESP solicitando melhores estudos para que sejam criadas linhas para a empresas citadas ou, para que possam disponibilizar um número maior de veículos em horários de pico nessas três cidades vizinhas”, destaca Amaral.