Nena | O Democrata

Hoje bateu

Uma saudade

Minha avó

Se eu tiver

Que lembrar

O dia exato

Que ela nasceu

O dia exato

Em que

Ela morreu

Vou ter que

Perguntar

Pra alguém

Confesso

Só lembro

De outras coisas

De todo o resto

Quando eu ainda

Era adolescente

Um dia eu estava

Deprimido

No sofá

Da casa dela

Sem perspectiva

Depois do almoço

Ela passou

Como quem vinha

Arrastando a sandália

Do quintal

“Se a gente tiver

Que dar conta de tudo

A gente fica maluco”

Do nada

Me confortou

Nena

Seu ensino era

Primário

Sua sabedoria

Fundamental

Não estava em

Nenhuma faculdade

A não ser

Espiritual

A primeira vez

Que ela pisou

Em um banco

Com mais de

Oitenta anos

Eu fui junto

Ela e eu

Foi um dia de

Uma violência

Tremenda

Ela tinha medo

Da porta giratória

Do que ela iria

Ter que dizer

Para provar que

Estava viva

Que merecia

Continuar a receber

A aposentadoria

Entrou muda

Saiu calada

A atendente

Também ignorou

Sua existência

Falou apenas

Comigo

Desconfiando ainda

Que eu estava lá

Pra pegar o pouco

Que ela tinha

Saudades

Da Dona Nena

Da sua

Simplicidade

Erudita

Me ensinou tanto

Tantas vezes

Sem dizer

Uma palavra

Com sua postura

Em relação ao mundo

Tinha uma tristeza

De viver

Que dava gosto

De quem sabia

Algo a mais

Sobre a tragédia

Humana

Usava

As roupas

De sempre

Nena

Sempre sentirei

Sua ausência

Por mais que

Necessária

Quando morreu

Estava bem velhinha

Acamada

Eu pensava

Pra quê

Continuar

Vivendo assim

Deve ter coisa

Melhor depois

Da morte

Agora

Não sabia

Nem sei

De nada

Dos tempos

Que a passagem

Pede

Só sei que

O mundo ficou

Mais triste

Sem sua

Tristeza

Seu olhar

Seu riso

Sua comida

Quando morei

Por um tempo

Na casa dela

Construindo a minha

Ela elogiava

Meu miojo

Perguntava

Onde tinha

Pra vender

Nena foi

Uma mulher

Sofrida

A avó

Mais querida

Que eu podia

Ter

#donanena #poema #mar_rio

#poetadanaturezadesi

Jornal O Democrata São Roque

Fundado em 1º de Maio de 1917

odemocrata@odemocrata.com.br
11 4712-2034
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 04
Centro - São Roque - SP
CEP 18130-070
Copyright 2021 - O Democrata - Todos os direitos reservados